Vinhos Brancos Para o Calor – ESTRELAS – VINHOTERAPIA

Marcado com:

COLUNA VINHOTERAPIA

Por Evandro Vanti Gonçalves

ESTRELAS DO ZUCCA GASTRÔ


 

Piattelli Capricci Torrontés 2014

E de volta ao Zucca Gastrô, após uma pausa no blog em dezembro, mas reanimado para um novo ano e novos vinhos, com a mesma paixão.O vinho de hoje é da uva Torrontés de Salta, Argentina. Futuramente será necessário dizer Torrontés de Salta, assim como Bonarda Argentina? Pois esta uva branca tem se destacado tanto no país vizinho que já penso em escrever desta forma também.

Cepa originária da Galícia (Espanha), e difundida nos países de colonização espanhola. Sendo transplantada para a Argentina, é na Província de Salta que, reconhecidamente exprime todo o seu potencial.

Origina brancos muito aromáticos, mas bem secos de sabor.

O Capricci é produzido pela Piattelli Vineyards com 100% da cepa Torrontés.

Na taça um vinho de cor amarelo-palha, lágrimas lentas e grossas.
Aroma intenso, muito perfumado, como uma boa Torrontés sabe ser. Floral intenso, herbáceo e cítrico.

Em boca é harmônico, fresco e com boa acidez, picante no final de boca. Elegante, suave e potente. Graduação alcoólica de 14%. Sirva na temperatura ideal dos brancos frutados secos: 6 a 8 °C

Uma boa opção aos Torrontés mais simples.

Adquirido no Emporium Nostra Adega de Florianópolis, custou 65,00 reais.

Outras sugestões de rótulos: Etchart Privado Torrontés e Crios de Susana Balbo Torrontés, os dois de muito bom custo-benefício.

Importado para o Brasil pela Vinhos do Mundo.
Um brinde e um Feliz 2016 para todos nós!


Evandro Vanti Gonçalves

wineblogger de http://vinhosqueprovo.blogspot.com.br
<br>Gostou? Compartilhe! <br><br>Share on Facebook
Facebook
Pin on Pinterest
Pinterest
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*