PAELLA CAMPEIRA DA ZUCCA

Há alguns dias postei esta foto, da minha PAELLA CAMPEIRA! E fez sucesso!

 

 

Há ponto interessantes que precisaos saber sobre a Paella!
Por exemplo, existe a Valenciana típica, a com frutos do mar e … existe a da Zucca, porque amo inventar na cozinha e batizei a minha  de Paella Campeira!
Vocês sabiam que a Paella raiz Valenciana não leva frutos do mar???!!!

Vejam minha pesquisa:

“Em Valência e arredores, a paella é feita com carne de frango e coelho, caracóis, feijão verde, vagens e açafrão, além, é claro, do arroz ‘bomba’, típico da Espanha, alho, tomate, azeite e sal. Qualquer variação que fuja muito dessa receita original, para eles, não passa de “arroz con cosas” e não merece receber o título do prato mais amado das redondezas.”

“Peixe e camarões, então, passam longe das paelleras e as variações preparadas com esses ingredientes costumam receber o nome de “mixtas” por parte dos mais tradicionalistas.”

“o prato que se tornou o grande representante da gastronomia espanhola é mais que é uma refeição. É um símbolo de identidade e um evento social: é para comer paella que as famílias se reúnem em volta da mesa de domingo, em um ritual bem parecido com o que envolve a nossa feijoada.”

“O motivo de tanto preciosismo com o prato é justificável. A paella nasceu na região de Valência. Originalmente, servia de alimento para trabalhadores do campo, que misturavam ao arroz tudo o que tinham em mão – por isso o frango e o coelho – e comiam diretamente da panela – e por isso o nome. Mais tarde, ingredientes mais sofisticados, como o açafrão, se somaram à receita, que acabou se espalhando para o resto do país e ganhando suas variações apócrifas com frutos do mar ao passar pelo mediterrâneo.”

(fonte dos textos entre aspas:www.360meridianos.com.br )

Dito e esclarecido isso, passo a compartilhar a minha receita, que é ótima, principalmente para aproveitar sobras de carnes do Churrasco, tanto melhor quando a turma variou nos tipos.

PAELLA CAMPEIRA DA ZUCCA

(Para 10 pessoas)

500gr de carne de gado (ideal sobras de churrasco) cortadas em cubos grandes

200gr de linguiça cortada em fatias/rodelas (pode ser já assada, pode ser sobra do salsichao do churrasco)

5 ovos cozidos

10 fatias de bacon

2 cebolas pequenas picadas

3 dentes de alho (se gostar, não é necessário)

1 kg de Arroz Branco (basmati ou ao gosto)

2 colheres de sopa de páprica picante

1 colher de sopa de cúrcuma (açafrão da terra)

Sal e pimenta a gosto

2 colheres do sopa de salsinha picada (ou tempero verde ao gosto – a minha tinha acabado e pequei manjericão da hora para foto)

Azeite Oliva o quanto baste

 

MODO DE FAZER

Numa paellera ou panela de fundo grande (pode até ser frigideira funda) coloque um pouco de azeite e “marque” todas as carnes cruas. Isso é dar uma leve tostada em todas elas, selar, tirar e deixar de aldo.

Se usar carne de churrasco, as sobras, não precisa desta etapa.

Tostar as fatias de bacon e as de linguiça  e reservar (para adicionar apenas no final).

Na panela, sem desprezar o fundo e as gorduras, fritar a cebola e alho logo após, até murchar, em fogo baixo.

Acrescentar as carnes.

Deixar fritando tudo junto por alguns minutos. Acrescentar o arroz, mexer até que ele fique todo envolto pelas gorduras.

Adicionar água fervente na quantidade total indicada no pacote,  necessaria para o cozimento do arroz. Baixar o fogo e deixar cozinhar.

Na metade do cozimento, adicionar a curcuma, paprica, sal e pimenta.  Mexer bem, deixar terminar o cozimento. Quando finalizar, desligue o fogo. O arroz deve estar ligeiramente ao dente, e terminando de secar.

Acrescente sobre o conteúdo, as fatias de bacon, as rodelas de linguiça.

Corte os ovos em fatias e vá colocando nos espaços que sobrarem, tal qual está a foto e finalize salpicando o tempero verde.

Sirva na panela!

É sucesso garantido!


E aí? Quem vai testar?!

DICA DA ZUCCA

Usar pedaços de carne de cordeiro dão bossa ao prato. Tente!

Beijos,

Zucca


Gostou? Compartilhe!

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*