MEU VINHO, MINHAS REGRAS!

O IBRAVIN , no início da semana passada lançou a campanha “Seu  vinho, suas regras”. Uma série de ações de mídia, incluindo vídeo para YouTube, que demonstra o novo posicionamento do setor Vinicola , voltando suas estratégias de venda para a Geração Milennial*!

(*aquela que não conhece o mundo sem internet. “Entre 1982 e 1994, nasceram aqueles que formam a geração Y. Na língua popular também são conhecidos como millennial, geração do milênio, Peter Pan ou geração bumerangue. São os filhos da Geração X” , segundo: a conceitos.com: https://conceitos.com/geracao-y/)

O que justifica o IBRAVIN – Instituto Brasileiro do Vinho:

“Iniciativas coordenadas pelo Ibravin visam ampliar a cultura do vinho no país, elevar o consumo per capita e atrair novos consumidores para categoria, desmistificando o processo de escolha e consumo da bebida         

Líder no mercado interno com mais de 60% da participação de vinhos e espumantes, o setor vitivinícola brasileiro oficializa neste segundo semestre um novo posicionamento coletivo para ampliar a cultura da bebida no país. Resultado de quase dois anos de estudos, embasado em pesquisas de mercado e de imagem e na revisão de alinhamento das marcas dos projetos Vinhos do Brasil, Wines of Brasil e 100% Suco de Uva do Brasil, o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) estruturou ações e campanhas que englobam os Millennials, conhecidos também como Geração Y, nascidos nas décadas de 1980 e 1990. O objetivo é criar uma aproximação com o perfil desse público, desmitificando o processo de escolha e consumo, além de levar uma mensagem mais leve, descontraída e menos burocrática da bebida.

Oscar Ló, presidente do Ibravin, explica que o grande desafio é atrair novos consumidores para categoria, em um país em que a cultura do vinho não é predominante. Por isso, investir em ações específicas para adultos de perfil mais jovem pode ajudar a consolidar o hábito no Brasil e, de forma responsável, ampliar o consumo per capita, que hoje é 2 litros por ano, segundo monitoramento da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV).

De acordo com estudos encomendados pelo Instituto, dos mais de 207 milhões habitantes do Brasil, 66 milhões beberam vinhos nos últimos seis meses e 32 milhões de pessoas nos últimos 30 dias.

“O consumo se manteve estável, numa base pequena de habitantes. Isso mostra que temos milhares de pessoas que não bebem vinho com frequência. Por isso, precisamos atrair novos consumidores para a categoria. Os Millennials são os atuais e futuros apreciadores de vinhos e podem ser os responsáveis por elevar o consumo da bebida no país. Eles são considerados o futuro da economia”, analisa o presidente.

O gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, elenca que entre as estratégias para atrair este público-alvo estarão eventos de promoção voltados para consumidores finais, ações com influenciadores e formadores de opinião e uma campanha publicitária, intitulada “Seu Vinho, Suas Regras”, que motiva à uma ruptura dos conceitos de degustação formal do vinho, impactando 55 milhões de pessoas só neste mês de agosto.

“Nossas iniciativas estão embasadas no novo posicionamento das marcas coletivas setoriais e em uma série de dados apurados para o Ibravin por empresas com atuação internacional. É um novo conceito, uma nova identidade que só os vinhos brasileiros têm. Estamos apontados para os Millennials, mas direcionando também para as outras gerações que se inspiram no estilo de vida deles”, reforça o executivo.

Ainda segundo Bertolini, a Geração Millennial é responsável por 52% do poder de compra no mercado interno brasileiro: “É um público socialmente ativo, que tem um perfil descontraído, de personalidade forte, seguro de suas escolhas, que faz questão de dar a sua opinião e exige liberdade no estilo de vida”, complementa.”

Uma das imagens que será usada na campanha

O vídeo da campanha publicitária “Seu Vinho, Suas Regras” pode ser conferido no Facebook e no Instagram dos Vinhos do Brasil ou no canal do YouTube, assista abaixo ou clicando no link que segue:

https://www.youtube.com/watch?v=czW1D2bjByw.

FOTOS
Legenda:
Campanha publicitária “Seu Vinho, Suas Regras” é baseada na ruptura dos principais pilares do consumo tradicional do vinho: harmonização, conservação, temperatura e experiência

Reprodução: Agência Escala/Ibravin

 


Bem, eu publiquei o vídeo no meu Instagram dedicado as minhas atividades ligadas ao  vinho (@winesisterhoodbrasil) para saber o que as pessoas pensaram sobre a campanha, além de perguntar diretamente para outras (afinal, muita gente boa deixa de comentar nas redes sociais, por conta daqueles que estragam os bons debates com posts vazios de conteúdo). Como imaginei, algumas pessoas não curtiram muito,  outras amaram.

Confesso que , no início, sofri. Mas, em seguida, percebi que era bobagem. Lembrei dos verões na Europa, da quantidade de drinks, clericot, sangrias… A gente devia beber mais vinho, seja do jeito que for…Num país tropical, devia beber muito nestas formas divertidas… Por que não?  Espumante, então, mil vezes mais! E se não quero ser julgada por escolher quais vinhos e de que jeito vou beber, não é justo julgar quem quiser romper as convenções… Se é do gosto da pessoa, quem sou eu para dizer que não é bom?

Se for com moderação –  afinal, até os milenniels sabem que é cafona beber demais – tá tudo certo!

Apreciemos!

Seu vinho, suas regras! Combinado!  Mas, com o meu vinho, continuam sendo minhas regras… Com algumas deliciosas exceções…

E você, o que pensa?

Beijos,

Zucca


Gostou? Compartilhe!

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*