FRITTATA A MODA ZUCCA

Marcado com:

Frittata à Moda Zucca é sem batata!

É low carb!

 

Alowww, GastrôLovers!

Criamos mais uma receita para nossos jantares sem carboidratos! Aqueles para fazer nos dias que estamos em casa (para mim são tão raros) e focados no verão que se avizinha!

A Frittata é uma receita que, como tantas que publico por aqui, tem memória afetiva. A base é batatas e ovos. É feita na frigideira e servida em seguida, embora fique deliciosa para servir fria, como lanche, e dure até 2 dias na geladeira, se bem armazenada.

Eu sempre segui as receitas italianas, de um site que adoro ( http://www.giallozafferano.it ) – fica a dica para todo tipo de receita – mas há alguns dias, zapeando na TV, observei o modo de preparo um pouco diferente, de um Chef australiano… Não lembro quem, nem onde, nem quando, desculpe. Curti e cheguei a reproduzir em sequencia, a receita igualzinha.

Hoje, com vontade e saudades desse prato, pensei numa forma de substituir a batata sem comprometer a estrutura, beleza e sabor do prato.

E, voilá, substituí as batatas em rodelas por abobrinhas! Funcionou super bem, com pequenos truques.

Vamos lá!

 

FRITTATA A MODA ZUCCA

Ingredientes

(para 02 porções)

1 abobrinha

1/2 cebola roxa

4 ovos

2 colheres de sopa de bacon picado

2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado

1 colher de sopa de salsinha picada (ou a gosto)

1 colher de cha de cominho em pó

Sal e Pimenta a gosto

 

Modo de Fazer

Corte a abobrinha em fatias finas. E aqui vai o primeiro segredinho: salpique sal nelas e deixe em uma tigela. Ela vai soltar bastante água. Essa desidratação é fundamental para deixar a frittata sequinha.

Ah! Esse é um truque ótimo para assar também a abobrinha e fazer snacks com elas, mas esta é outra receita.

Deixe por 15 minutos, já é tempo suficiente. Neste tempo fatie finamente a cebola.

Leve ao fogo o bacon (se tiver gordura, nem precisa de azeite, se não adicionar um fio antes de colocar a cebola e a abobrinha), a cebola e frite um pouco ate amaciar a cebola e tostar o bacon. Junte a abobrinha bem escorrida. Tempere com pimenta a gosto.

Frite até a abobrinha murchar.

 

Prepare os ovos numa tigela, batendo-os com fuet ou garfo. Adicione a salsinha picada, sal e o cominho (este é responsavel por um sabor bem característico. adoro com ovos. se não gostar, não coloque. substitua por açafrao da terra ou pimenta mesmo, em menor quantidade). Por fim, o queijo ralado.

O queijo é opcional. Se não colocar, deve precisar mais sal.

Depois de bem mexido é a hora de cobrir os demais ingredientes e colocar cozinhar tudo junto.

É aqui que o modo de fazer se divide.

O comum é adicionar a mistura de ovos sobre o conteúdo da frigieira, baixar o fogo, tampar e deixar cozinhar o tempo necessario para que os ovos se passem. Quando as bordas estiverem bem sequinhas, pode virar em outra frigideira ou na tampa e levar à frigideira novamente, para terminar de cozinhar do outro lado, por mais uns 3 a 4 minutos. Se a frigideira for de ferro ou aço inox, totalmente, pode ser levada, sem tampa, ou com tampa (totalmente em metal também) ao forno.

O efeito é esse:

credito: www.giallozafferano.it

CONTUDO, eu vi o preparo ser feito de forma individual em ramequins, no forno e achei muito bonito. Assim, reproduzi com batatas e, agora, fiz com as abobrinhas.

Em dois ramequins, distribui as fatias de abobrinha e depois coloquei a cebola e o bacon. De forma rustica, sem muita preocupação estética.

Derramei a mistura de ovos sobre ele.

Levei ao forno, que já estava pré-aquecido a 180ºC.

Deixei assar por 30 minutos. Até crescer e dourar. Veja, que lindo.

Aí é só arrumar num prato bonito, para não se queimar e desfrutar do melhor e mais leve jantar que se pode ter numa noite quaquer!

O legal das duas porções é que o jantar pode ser compartilhado ou, a melhor parte, a outra porção, pode ser o seu café da manhã, para o dia seguinte!

A frittata pode ser comida fria. Os espanhois fazem muito isso. Serve de lanche. Fica uma delícia. Os recheios podem ser os mais variados. Com pimentão fica divino também.

Na geladeira, recomendo guardar, até dois dias.

Aqui em casa não passa do café da manhã!

Beijos,

Zucca

<br>Gostou? Compartilhe! <br><br>Share on Facebook
Facebook
Pin on Pinterest
Pinterest
Tweet about this on Twitter
Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*