MOUSSAKA DE NATAL DA ZUCCA

Marcado com:

Moussaká Low Carb, como sugestão para os jantares de Natal.

Para quem não curte ou não suporta mais Peru, frutas secas, cristalizadas ou carameladas, tampouco uvas passas em tudo.

Festa da Firma! Eu cozinho!

Nada mais natural. Dificil mesmo é decidir o que fazer para 3 mulheres lindas, magras, criativas e que esperam que eu seja igual.

Ser criativa é o que me resta, mas para Natal é complicado. Decidi fazer comida grega.

Ocorre que a Moussaka tradicional iria levar as amigas à loucura. Então, bora fazer low carb! “Tipo” low carb, tá, patrulha?!

Fica minha dica de ideia para aquele prato quente, diferente, e que já pode ficar pronto de manha e pode aquecer na hora da ceia!

A Moussaka é uma especie de lasanha, sem massa. Com berinjelas. Eu comi, pela primeira vez, num restaurante grego, bem tradicional no Bom Retiro , em São Paulo. Quem não conhece ou já não ouviu falar, do Acrópoles? Ele é de 1959, gente! Lá é Mussaká mesmo! O seu fundador, infelizmente, deixou esse plano, ano passado, Sr. Trasso (na verdade Sr. Trassyvoulos Petrakis) com quase cem anos.  Ele era incrível, falava praticamente “grego” mas atendia todas as mesas. Fui mais de uma vez, sempre com meus compadres Rodrigo e Cibele (guia melhor não há – para comida boa em lugares inusitados). Em homenagem aos amigos, que são nossa familia do coração, tentei reproduzir a receita, mas customizada. A memória afetiva é que está valendo.

Na receita do restaurante, vai batatas, quis substituir por aipim e, então, para manter a maciez, processei e usei como purê. A receita original grega não leva tuberculos.Se quiser fazer a tradicional, dispense.

Segue, ao final,  o vídeo do Chef do Restaurante Acropoles, feita ha muito tempo pela Veja SP, mostrando como lá eles fazem o Moussaká.

Aqui vai nossa versão.

MOUSSAKÁ DE NATAL DA ZUCCA – LOW CARB

Ingredientes

Para a Carne

1 kg de Carne bovina ou de carneiro

1 cebola picada

3 tomates processados no liquidificador (não uso mais passata, mas pode usar se quiser)

2 folhas de louro

1 colher de cha de canela em pó

3 cravos

1 colher de sopa de cominho em pó

1 folha de louro

1 colher de cha de orégano desidratado.

sal e pimenta a gosto

 

Para o Molho Branco

2 colheres de manteiga

1 e 1/2 de farinha de trigo

1 litro de leite

sal e pimenta a gosto

1 pitada de noz moscada

2 punhados de queijo ralado (de ovelha/pecorino)

 

Para o Pure

1 kg de madioca/aipin

sal a gosto

1 colher de manteiga (se desejar)

 

Para a Berinjela

3 berinjelas

Azeite de oliva quanto baste

sal e pimenta a gosto

 

Modo de Fazer

Pré prepare o molho branco, derretendo a manteiga com a farinha e adicionando aos poucos o leite. Tempere com sal e noz moscada. Se não ficar lisinho, pode processar. Reseve.

Prepare a carne. Moa/ processe. Numa panela com um fio de azeite refogue a cebola, adicione a carne, tempere com sal e pimenta, adicone os demais temperos, e o tomate processado com um pouco de agua.Deixe cozinhar por 1 hora, vertendo agua quente se necessario. Reserve.

Corte as berinjelas pelo comprimento. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Frite em azeite, reserve.

Montagem:

Numa forma rerataria, coloque uma camada de berinjelas, uma de carne e, entaõ, molho branco. repita a operação. Finalize com uma camada generosa de pure de aipin/mandioca. Salpique queijo ralado.

Leve ao forno até aquecer e gratinar o queijo.

Sirva.

 

Fiz em duas versões:

Familião, acima e pronta abaixo:

 

E individual:

 

Delicia, gente!

Fez o maior sucesso no meu jantar, virou marmita para as convidadas!

Um feliz natal para todos!

Beijos,

Zucca

 

Aqui, segue o vídeo que comentei!

 


Gostou? Compartilhe!

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on Google+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*